O cotidiano das pessoas na atualidade é marcado por compromissos, agendas lotadas,
responsabilidades no trabalho, em casa, com amigos e namoradxs. Ter tempo livre é quase impossível. Vivemos atrasados.
Na realidade vivenciada pela sociedade líquida, conceito este criado pelo sociológico polonês Zygmunt Bauman, não há tempo a perder, inclusive, para refletir sobre os valores mais básicos de nossa existência. À primeira vista, pensar sobre cooperação, solidariedade, democracia, sustentabilidade e outros valores nada nos acrescenta para realizarmos nossos afazeres diários.
É comum ouvir a reclamação e o desejo de menos teoria e mais prática. O grande problema é que, de fato, reflexos desse tipo impactam em nossa formação cidadã e na realidade que vivemos.
A educação é o processo contínuo onde esses valores são refletidos, debatidos e aprimorados.
Na escola, em casa, no trabalho, na política são lugares onde traduzimos nossos valores em práticas.
As falhas nesse processo de formação representam as prováveis explicações para os
distúrbios que vivemos na atualidade. O cenário político brasileiro de hoje, por exemplo, tem relação com o longo processo de formação educacional da sociedade brasileira. Corrupção, falta de ética, baixa representatividade e cálculos eleitorais sórdidos. Tudo isso está relacionado com a formação.
Diante de toda essa complexidade, o Crea+ Brasil apresenta um diferencial central. Sua atuação está balizada de maneira muito concreta com determinados valores, consolidados no Projeto-Político-Pedagógico e praticados semanalmente aos sábados. Senso de comunidade, cooperação, autonomia, empoderamento e cultura de paz são alguns dos conceitos basilares do Projeto, os quais não estão somente no papel ou na teoria, mas perpassam a prática da centena de voluntários envolvidos, tanto durante os sábados quanto nas horas trabalhadas durante a semana para preparar todo o material.
Ao transformar seu método de trabalho, o Crea+ Brasil se atualizou em relação às demandas sociais contemporâneas. Sem deixar de lado a importância dos conteúdos curriculares, o Projeto dialoga com metodologias mais sintonizadas com a realidade, tal como os projetos interdisciplinares e as oficinas culturais e esportivas. Os conteúdos das disciplinas tradicionais como matemática e português são trabalhados considerando igualmente as habilidades não cognitivas e socioemocionais, característica que também destaca o diferencial do Projeto.
Acompanhar, mesmo que de longe, os caminhos trilhados pelo Projeto ao longo dos anos, é motivo de muita alegria e comemoração. O Crea+ Brasil requalifica o conceito de trabalho voluntário ao entender que “voluntário” diz respeito exclusivamente ao impulso inicial de cada um em participar da iniciativa. “Voluntário” nada tem a ver com pontual, quando puder ou de qualquer jeito.
Claro que esse valores e práticas também são trabalhados por outros movimentos
educacionais e em outros espaços. Fato este que, joga um pouco de luz e ânimo para o
cenário educacional brasileiro.
Que nossa sociedade tenha mais tempo para refletir e debater sobre os valores que lhe
interessam. Que valores centrais como cooperação, ética e solidariedade, sejam de fato
compartilhados pela maioria da sociedade brasileira. Que seja mais visível a relação tão
estreita entre os valores e a nossa realidade.
Se esse debate ocorrer, será possível ver na prática uma sociedade melhor. Uma sociedade que valorize os profissionais de educação, que respeite os direitos humanos, os direitos de gênero, os direitos indígenas e quilombolas. Se esse debate ocorrer, estaremos menos propensos a vivenciar retrocessos em termos de trabalho escravo, em proteção ao meio ambiente, e mais próximos a uma vida segura e saudável.

Texto por: Guilherme Checco, ex-voluntário

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s